ÚLTIMAS

6/recent/ticker-posts

Header Ads Widget


Prefeito Ribinha atrasa salários, nega 13ª e deixa servidores com o nome sujo em Campo Maior

 

PREFEITO RIBINHA, DO PT – Um Professor político reprovado pelo povo e também pela classe educadora de Campo Maior.




Ao fim do mandato, os professores efetivos da rede municipal fazem denuncia de pagamento fracionado e atraso no 13ª e também no terço das férias.

A Professora Pimentel” abre a boca – “Estamos sofrendo com a forma que estamos sendo tratados, “Pagando de pouquinho a educação”. E o pior de tudo é que sumiram todos, prefeito e secretário de educação”, publicou nas redes sociais.


NÃO SOU MUITO DE DEMONSTRAR MINHA INDIGNAÇÃO EM REDES SOCIAIS, NÓS PROFESSORES DO MUNICÍPIO DE CAMPO MAIOR, ESTAMOS...

Publicado por Pimentel Pimentel Pimentel em Quarta-feira, 30 de dezembro de 2020

Negando a classe, o prefeito derrotado nas últimas eleições Professor Ribinha, do PT, vem fracionando o pagamento salarial dos professores e atrasando o repasse do 13ª e o terço de férias dos profissionais da educação de Campo Maior. A denuncia é da educadora efetiva do município, Professora Pimentel, que desabafou nas redes sociais a omissão do prefeito e também do secretário de educação, Edvaldo Lima.

A denuncia chega em meio ao rombo milionário no CampoMaiorPrev e também no atraso dos repasses dos empréstimos consignados junto ao Banco Caixa que ameaça a aposentadoria dos servidores e deixa o nome dos professores “Sujo” junto aos órgãos de controle financeiro.

Professor Ribinha é denunciado por está em atraso com a maioria dos professores efetivos e também contratados de Campo Maior. Os educadores alegam que o prefeito vem realizando os repasses em forma de rodizio sem dia certo e mostrando insegurança com os pagamentos referentes aos meses de novembro e dezembro.

Com um vida pública cheia de incertezas, Ribinha acumula graves denuncias e recentemente foi alvo de uma fiscalização da Controladoria Geral da União (CGU), além de ser apontado como um dos participantes do esquema investigado pela “Operação Topique” da Polícia Federal.


Com informações: Portal de Olho

 

Postar um comentário

0 Comentários