Ultimas Notícias

Teoria do quanto pior, melhor em Campo Maior é cultura da bandidagem


A postura dos opositores do atual prefeito professor Ribinha, se intensificar em uma campanha antecipada do pleito de 2020, nas redes sócias do quanto pior, melhor.
“Temos que ajudar Campo Maior e seus representantes a permitirem o prosseguimento governabilidade do prefeito e não apenas, criticar por criticar e mostra só as coisas ruins.

 O fato é que a política do quanto pior, melhor, liderada pela oposição, em Campo Maior foi desmascarada e tem sido rechaçada por diversos setores.
“Esse método que é querer utilizar as redes sociais como um mecanismo para chegar ao poder é uma versão moderna, utilizada recentemente pelo atual presidente da república.
Vivemos uma crise econômica e política, manipulada pela grande imprensa que no país defende historicamente os interesses das elites. 

Por que os pretenso candidatos, da oposição e seus aliados a prefeitura de Campo Maior em 2020, estampa em seus meios de comunicação, uma imagem, que não condiz com o atual momento???
 Porque esta é a pauta da oposição, em Campo Maior dificultar a vida de Ribinha e impedir que ele seja candidato a reeleição em 2020.
O processo histórico, no entanto, é mais complexo e sua evolução não é resultado da criação de culpados unilaterais jogados para a população.
O Ribinha não é o único responsável pela situação atual.
 O Ribinha não dividiu a prefeitura com sua família. 
Acusar o prefeito professor Ribinha, de todos os problemas é oportunismo barato. A discussão que se faz necessária neste momento é entender porque que aqueles que já estiveram no poder, não conseguiram ver os problemas da cidade, em suas gestoês. 

O que é necessário discutir é como cada um de nós pode contribuir para ajudar a Cidade a vencer a crise, a voltar a crescer, a nos respeitarmos mutuamente como cidadãos. 
A teoria do quanto pior melhor exercida a cada dia, para colocar a culpa de tudo no prefeito professor Ribinha, na tentativa de facilitar a saída de Ribinha não leva a nada de positivo. Apenas aos caos.
A população e os lideres comunitários devem se unir, agir de acordo com os interesses de Campo Maior e da maioria dos campo-maiorenses. Em resposta a vaidades pessoais.