Ultimas Notícias

Por falta de laudos, Comercial estreia em casa com os portões fechados


Partida do Comercial, contra o Cori-Sabbá, em Campo Maior, não contara com o apoio do seu torcedor tudo porque documentação do estádio Deusdeth Melo não foi entregue dentro do prazo previsto à FFP

A terça-feira terminou com prejuízo para o Comercial-PI, que vai fazer a estreia em casa, na Série B do Campeonato Piauiense, no próximo sábado, sem a presença da torcida.

A diretoria do Comercial não entregou no prazo determinado pelo Estatuto do Torcedor os laudos do estádio Deusdeth Melo.


Com isso, a venda de ingressos e abertura dos portões da praça esportiva para o confronto contra o Cori-Sabbá, sábado, às 15h45, foram suspensas.

O comunicado foi emitido pela Federação de Futebol do Piauí, no fim da tarde desta terça-feira, último dia para a entrega dos laudos. A Fundação de Esportes do Piauí (Fundespi), órgão do Governo do Estado responsável pelo local, não conseguiu o laudo do Corpo de Bombeiros autorizando a entrada com segurança de público.


 Assim, a partida do Bode, válida pela segunda rodada da Série B, contra o Cori-Sabbá, acontecerá sem a presença da torcida.

O Comercial-PI estreou na Série B, diante do Oeirense, com derrota por 4 a 2.
Com isso, o time busca os primeiros três pontos na Segundona, situação que pode deixar o time vivo na briga por uma vaga na semifinal.

A FFP também baixou portaria determinando que o duelo do Cori-Sabbá contra o Oeirense, válido pela quarta rodada da Série B, também aconteça de portões fechados.


O time de Floriano ainda não apresentou os laudos técnicos de liberação do Tibério Nunes. O Alvinegro tem até o dia 23 de setembro para entregar a documentação, e a FFP autorizar a venda de ingressos.

Fonte: GloboEsporte.com — Teresina