Banner

Governador trata de projetos com Embaixadas da Rússia, Belarus e Tailândia

O governador Wellington Dias recebeu, nesta segunda-feira (15), no Palácio de Karnak, o representante da Embaixada de Belarus, Selivestov Serguei; o conselheiro da Embaixada da Rússia, Kushch Alexander; e o vigário das Embaixadas de Línguas Eslava, Padre Francisco de Assis. Logo depois, recebeu a visita de cortesia do embaixador da Tailândia no Brasil, Surasak Suparat. Todos trataram de projetos realizados nesses países que podem ser implantados no estado do Piauí.

“Os diplomatas mostraram projetos que poderão até ser desenvolvidos aqui no Piauí por meio de convênio com as embaixadas. Um deles é a implantação da escola técnica de agricultura em Buriti dos Lopes, que é um grande sonho meu, já que é minha cidade natal. Outro projeto seria a de geração de energia por meio da reciclagem de resíduos sólidos, que já é desenvolvido nesses países”, disse o padre Francisco.
De acordo com o representante da embaixada de Belarus, muitos projetos podem ser trabalhados no Piauí, principalmente nas áreas de agricultura, agropecuária, turismo e energias renováveis. “Vemos um grande potencial aqui nessas áreas. O Belarus é um país muito desenvolvido economicamente e com grande potencial na área de indústrias, especialmente com agricultura e agropecuária. Temos um forte trabalho com máquinas agrícolas e tratores familiares, que certamente é muito interessante para esse estado. Temos ainda nosso Banco de Desenvolvimento Nacional, por meio do qual podemos fazer linhas de financiamento para a compra das máquinas, dentre outros”, pontuou Serguei.
Segundo Wellington Dias, muito pode ser feito na área comercial. “Eles têm um modelo que trabalha com o financiamento de equipamentos agrícolas. O que me chamou atenção é que eles possuem uma linha especial para a agricultura familiar, então temos interesse em estreitar os laços. Destaco também a produção de insumos agrícolas e o nosso estado produz fosfato e calcário. Queremos ter uma associação para a produção do super fosfato”, assinalou o governador.
Visita de cortesia do embaixador da Tailândia no Brasil
O governador ainda reuniu-se, nesta segunda-feira (15), com o embaixador da Tailândia no Brasil, Surasak Suparat, que foi recepcionado com hasteamento da bandeira e apresentação cultural. Em seguida, um vídeo sobre os principais projetos do Piauí foi executado e Wellington destacou as potencialidades do estado em parcerias público-privadas, energias renováveis, apicultura, mineração e turismo. O embaixador demonstrou interesse em investir, especialmente, no comércio e na área hoteleira.
O Piauí já tem uma ligação com a Tailândia na área de comércio. As importações e exportações chegam a R$ 3,5 bilhões e a intenção é expandir as negociações. “A Tailândia importa do Piauí grãos, soja, milho e gordura. Queremos estreitar mais essa relação. Aqui também acertamos oportunidades de investimentos por Parnaíba e São Raimundo Nonato. Ele ainda nos fez um convite para visitar e conhecer projetos na Tailândia, o que certamente permitirá um estreitamento de laços”, destacou o governador.
O convite para que o embaixador visitasse o Piauí foi feito pela deputada federal Rejane Dias. Ela é a atual vice-presidente da Frente Parlamentar Mista Brasil - Tailândia. “Aqui tivemos a oportunidade de mostrar as nossas potencialidades, além de conhecer um pouco sobre a cultura e negócios da Tailândia. O embaixador tem interesse em investir no Piauí e espero que possamos fortalecer essa parceria para que surjam mais projetos de interesse dos dois países”, afirmou a parlamentar.
Também participaram da reunião a vice-governadora Regina Sousa, a superintendente de Parcerias e Concessões, Viviane Moura; e o secretário de Estado Desenvolvimento Econômico, Igor Neri.